Transexual é baleada no Paraná 4

Untitled-1

A Delegacia de Homicídios tem duas linhas de investigação para um homicídio ocorrido na noite de sexta-feita (8/2). A transexual Mônica Lewinski, nome social de Odair Xavier de Lima (38), levou um tiro na cabeça no quarto de pensão onde mora, no Centro de Curitiba (PR).

A primeira hipótese é que seja um crime de homofobia. A outra, é a de que foi engano. Monica foi socorrida em estado grave pelo Siate e encaminhada ao Hospital Cajuru, mas morreu na noite de sábado.

Uma amiga de Mônica, uma transexual identificada como Vanessa disse que morou no mesmo quarto da pensão onde Mônica estava. Por isto, levantou a possibilidade de engano. Na semana passada, Vanessa também estava com o taxista Sérgio Loureiro de Brito (34), que foi assassinado com vários tiros chegando na casa da namorada Vanessa, na Rua das Gaivotas, Jardim Bonfim, em Almirante Tamandaré.

Vanessa acredita que, nas duas ocasiões, ela era o alvo do assassino, que supostamente quer matá-la a mando da ex-mulher de seu falecido namorado. O delegado Rubens Recalcatti, da DH, disse que as duas hipóteses da morte de Mônica serão investigadas.

  1. Pingback: about light | detail collector

  2. Pingback: MÔNICA LEWINSKI (ODAIR XAVIER DE LIMA) / TRANS – 38 ANOS / TIRO / PR, CURITIBA | QUEM A HOMOFOBIA MATOU HOJE ?

  3. Pingback: " F I N I T U D E "

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s