Secretaria de Segurança do Ceará discute homofobia Resposta

Representantes de grupos de defesa dos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) do Ceará se reuniram com o secretário de Segurança do estado Roberto Monteiro, para discutirem políticas que diminuam a violência homofóbica no estado.

A violência acontece de diversas maneiras, segundo Dediane Sousa, do Grupo Resistência Asa Branca (Grab): desde as maneiras de abordar até a apuração dos crimes homofóbicos. Nos últimos dois meses, pelo menos seis homossexuais foram assassinados no Ceará.

A prefeitura da capital cearense, Fortaleza, criou o Centro de Referência GLBT, que começará a funcionar em janeiro. Segundo a coordenadora do centro, Luana Marlem, dependendo da demanda, o acompanhamento poderá ser jurídico e psicológico.

Espero que funcione, pois Fortaleza é um dos lugares mais lindos do mundo e não merece ficar manchado com sangue LGBT!

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s