Inscrições abertas para Rio sem Homofobia Resposta

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos (SEASDH), em parceria com a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), abriu inscrições para o processo seletivo do programa Rio Sem Homofobia até a próxima terça-feira (11/01). São oferecidas 26 vagas.

A seleção irá preencher vagas sob a forma de contrato de prestação de serviços por um anos, podendo ser renovado por mais um, para funções de psicólogo, assessor jurídico, assistente social, auxiliar de serviços gerais e segurança, que integrarão equipes do Centro Metropolitano de Referência e Promoção de Cidadania LGBT, do Centro Regional de Referência e Promoção da Cidadania LGBT de Duque de Caxias e o Disque Cidadania LGBT.
Os vencimentos variam de R$ 500 para auxiliar de serviçoes gerais e R$ 1.904 para advogados, psicólogos e assistentes sociais. O número de vagas e carga horária semanal variam de acordo com as funções e o local de trabalho escolhidos.
As inscrições devem ser feitas pela internet, no site http://www.cepuerj.uerj.br. O valos da taxa de inscrição para os cargos que exigem ensino fundamental completo é de R$ 10, para os cargos que exigem ensino médio completo é de R$ 20 e de R$ 30 para os que exigem ensino superior completo. Mais informações pelo telefone 2334-0639.

Lady Gaga libera nova música para episódio de Glee Resposta

Ainda nem foi lançado o novo single de Lady Gaga, mas ¨Born This Way¨, que também será o nome do novo álbum da cantora, foi liberada essa semana pela própria para ser interpretada em um dos episódios de Glee.

Ryan Murphy, criador e produtor da série, conta que a nova música de Lady Gaga será usada em um episódio que vai ao ar em março ou abril, e vai girar em torno de Karofsky, personagem interpretado por Max Adler, que será um gay não assumido vítima de bullying.

Segundo Ryan, ele adora que essa música nova de Lady Gaga seja uma celebração, e completa:

– Esse programa é otimista por natureza e acho que um personagem como Karofsky poderia se tornar um dependente de pílulas ou álcool e se matar ou fazer algo sombrio. Mas também amo Max e adoro esse personagem e quero que ele tenha um final feliz. Então ainda não sei exatamente o que vai ser, mas sei que vamos fazer um episódio inteiro sobre essa música.

A gente espera, mas antes disso, rumores apontam que Lady Gaga deve lançar a nova música em fevereiro, durante premiação do Grammy.

Para o ator Marco Pigosi, mulheres preferem o gay ao cafageste Resposta

Foto: Reprodução

Atualmente como o mulherengo Pedro na novela ¨Ti, Ti, Ti¨, o ator Marco Pigosi afirmou que o assédio das mulheres diminuiu bastante em relação a quando interpretava o gay afeminado de ¨Caras e Bocas¨ (2009). Segundo ele, várias mulheres acham que o personagem atual é muito cafageste, mas que isso não tem muita importância:

– Com Càssio, que era gay, a mulherada caía em cima, agora piorou e ninguém quer saber. Mas não tem problema, estou em uma fase calma e namoro há um ano.

Engraçado (e irônico) que em uma entrevista para a coluna de Patrícia Kogut na Globo.com, ele disse que namorava com uma profissional da área biomédica HÁ DOIS ANOS!!! 

Eu, particularmente, gostaria de conhecer a namorada de Marco. Não que eu esteja sugerindo nada, mas alguém aí tem alguma foto dele com a moça ou alguma notícia dos dois juntos? Se alguém tiver, por favor, dá a dica, porque mesmo com o personagem machão, ainda consigo ver alguns traços de Cássio de ¨Cobras e Lagartos¨.

James Franco diz que talvez seja gay Resposta



Em entrevista a revista “Entertainment Weekly”, o ator James Franco, que interpretou personagens gays no cinema, como o escritor Allen Ginsberg (“Howl”), o ativista Scott Smith (“Milk”), brincou com os rumores sobre a sua orientação sexual e criticou a definição “preto e branco” da sexualidade. Ele namorada há muitos anos a atriz Ahna O’Reilly.

“O engraçado é que do jeito que essas coisas são faladas em blogs tudo é tão preto e branco. É uma política de identidade de corte seco. ‘Ele é hétero ou é gay?’ Ou, ‘esse é seu terceiro filme gay – sai do armário logo!’ E tudo baseado em gay ou hétero, baseado na ideia de que seu objeto de afeição decide sua sexualidade”, afirmou.

“Há muitas outras razões para se interessar por personagens gays do que eu querer sair e fazer sexo com outros caras. E também há muitos outros aspectos destes eprsonagens que me interessam, além da sexualidade. Então, de algumas maneiras é coincidência, de outras, não. Quero dizer, eu interpretei um homem gay que vivia nos anos 60 e 70, um gay dos anos 50, e outros nos anos 20. Todos foram períodos quando ser gay, ao menos em peublico, era muito difícil. Parte do que me interessa é como pessoas que viviam estilos de vida não convencionais lidavam com a oposição. Ou, que saber, talvez eu seja gay mesmo”, conclui Franco.

Na boa, é muita verborragia para pouco conteúdo. Eu não acho que ninguém tenha a obrigação de se assumir gay. Mas seria interessante que lésbicas e gays famosos saíssem do armário. Seriam referência para milhões de jovens e crianças gays. E as pessoas passariam a enxergar, talvez, com mais naturalidade do que é hoje. O fato é que, em Hollywood, no futebol, em alguns meios, parece difícil se assumir como tal.

EUA: Revertida decisão que removia termo ¨mãe¨ e ¨pai¨ em passaporte de filhos de casais homossexuais Resposta

Durou pouco. No mês passado, a Secretária de Estado Americano, Hillary Clinton, ordenou mudanças no passaporte, que removia o termo “mãe” e “pai” para reconhecer que algumas crianças têm duas mães ou dois pais. Ontem (08/01), foi anunciado que a decisão havia sido revertida, temendo uma reação dos grupos conservadores nos Estados Unidos.

Três dias antes do Natal, gays e lésbicas comemoraram a vitória com a mudança, e o Departamento de Estado emitiu um comunicado através da assessoria de imprensa com as alterações significativas nas aplicações de passaportes.
Até agora, os termos “Mãe” e “Pai” seriam substituídos por “Parente 1” e ¨Parente 2 “. Antes, tinha sido sempre uma questão difícil para pais gays ou lésbicas. Que mãe iria preencher os detalhes do “Pai”? Foi uma declaração oficial e de alta potência que contou com o total apoio da administração do presidente americando Barack Obama.
No entanto, assim como foi rapidamente iniciada a mudança, foi rescindida. Agora, a ordem foi invertida, e está de volta os termos “Mãe” e “Pai”, mais uma vez. Não é uma mudança completa, já que agora os formulários irão perguntar ¨mãe ou pai 1¨.

Pai de Rodrigo Carvalho, do BBB 11 afirma que filho não é gay Resposta

O pai do administrador Rodrigo Carvalho, que está selecionado para participar da próxima edição do “Big Brother Brasil”, o ex-goleiro do Fluminense Paulo Victor garante que o filho não é gay.
Rodrigo tentou a vida como esportista: lutando judô, onde ocnquistou alguns títulos e jogando futebol. Ele jogou profissionalmente no Egito.
Não deu certo como lutador e nem como jogador. Então o rapaz tentou carreira de modelo. Inclusive posou como veio ao mundo para a revista “G Magazine”.
Agora o rapaz tentará ser um milionário e ganhar alguns minutos de fama no BBB! E aí, tá na torcida por ele?

¨Não vai ter beijo gay em Insensato Coração¨, diz autor Resposta

Foto: Reprodução

Para aqueles que estavam mais confiantes de ver um beijo gay na próxima novela da Rede Globo, Insensato Coração, podem desistir! A novela que vai substituir Passione e estréia no próximo dia 17, terá um dos maiores núcleos gays da teledramaturgia brasileira.

Com pelo menos 6 personagens gays, de todos os tipos, a novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, não vai ter beijo gay, porque segundo Gilberto, o público não está preparado para isso. 


É essa mesma ladainha de sempre! A mesma história. O público não está preparado para ver uma cena de um beijo gay na TV aberta brasileira. Ou isso é muita hipocrisia da emissora, ou realmente o povo brasileiro está alienado.

A trama vai mostrar a ¨realidade¨ dos homossexuais, inclusive quando um jovem se descobre gay. Vai mostrar gays de todos os tipos, frequentando um quiosque gay no Leme, e o público é o que? Burro? O que o público pensa que os gays fazem? Rebolam, dão pinta e depois vão para a cama com mulheres?

Compreendo que isso não é culpa do autor Gilberto Braga, que é homossexual assumido, mas é revoltante saber como a televisão brasileira trata os telespectadores. Como se no mundo só houvessem bandidos, prostitutas, Leblon e escondem a parte colorida e real da vida.

Depois de polêmica, Unidos da Tijuca inaugura o ¨Banheiro Arco-Íris¨. Resposta

O carnavalesco Milton Cunha e integrantes da escola
dentro do banheiro gay. (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)
Foi inaugurado na noite de ontem (08/01), um banheiro destinado exclusivamente para o público LGBT, na quadra da escola de samba carioca Unidos da Tijuca. O projeto é parte da inauguração da nova quadra da escola, que depois da reforma anunciou que ofereceria um banheiro exclusivo para o público gay.

Antes mesmo da inauguração, a notícia de que haveria o banheiro gay causou desconforto e revolta para alguns militantes da causa homossexual. Muitos afirmaram que a direção da escola estava contribuindo para a homofobia e discriminando os homossexuais.


Mas mesmo depois de tanta reclamação e polêmica, que ao meu ver não existe motivo para isso, já que a Unidos da Tijuca não é a única a ter banheiro voltado ao público homossexual (Grande Rio, Viradouro, Porto da Pedra e Vila Isabel também possuem), a inauguração do banheiro foi o maior sucesso da noite. Claro que, depois da polêmica, muitos foram à quadra para conferir de perto como ficou o banheiro arco-íris.

Uma fila enorme se formou na entrada do banheiro, que tem dois bonequinhos coloridos indicando o arco-íris. Por dentro, o local é enfeitado com borboletas e imagens de Carmen Miranda, além de um enorme espelho, pufes roxos, flores e camisinhas. Aliás, ter um recipiente cheio de camisinhas no banheiro sugere que os foliões possam transar lá dentro. Ou pelo menos essa é a idéia que eu tenho.

Várias personalidades da escola e do carnaval estiveram presentes para a inauguração da nova quadra. Entre eles, o carnavalesco Milton Cunha, que defendeu a novidade:

– Se existe bar gay, boate gay, restaurante gay, loja gay e até parada gay, por que não poderia existir um banheiro gay? O bom dele é que não é obrigatório. Vai quem quer.

Rainha do Carnaval 2011 representa escola de samba gay em SP Resposta

Foto: Dialgo Oliva/G1

A dançarina Luana Campos foi eleita Rainha do Carnaval 2011 de São Paulo (SP) na madrugada do último sábado (08/01). Luana representou a Escola de Samba Arco-Íris, primeira agremiação voltada para lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) da capital paulista. Apesar disso, a rainha é heterossexual.

Fundada em 2008, a escola ainda desfila como bloco carnavalesco no Centro de Sampa, mas pretende começar a se apresentar no Sambódromo do Anhebi em 2012. Os representantes da agremiação comemoraram muito a eleição de Luana.

Luana havia concorrido ao posto de rainha em 2008, mas ficou em 4º lugar. Depois, a bela dançarina foi tentar carreira fora do Brasil. Retornou e venceu.