Erramos Resposta

No blog sobre a novela “Ti-ti-ti”, dissemos que a autora Maria Adelaide Amaral foi a responsável pelo primeiro beijo entre homens na TV aberta. Na realidade, o primeiro beijo gay da TV aberta brasileira ocorreu na MTV, no programa “Beija Sapo”.

Conheça o novo coordenador nacional de políticas LGBT Resposta


O novo coordenador nacional de políticas públicas LGBT é o advogado gaúcho Gustavo Bernardes, ligado ao PT e à Organização Não Governamental SOMOS.

Em entrevista ao site “A Capa”, ele diz que “os gestores anteriores da Coordenação LGBT foram pessoas extremamente competentes, pois obtiveram enorme sucesso ao estabelecer um diálogo qualificado com o movimento social, definiram prioridades e conduziram ações visando atender as necessidades da população LGBT em todo o Brasil”. O advogado cita a primeira Conferência Nacional LGBT como um divisor de águas: a partir daí “se obteve avanços no reconhecimento do nome social de travestis e transexuais na Administração Federal e se construiu o Conselho Nacional LGBT”.


Gustavo diz que o “tema central” de sua gestão será “o enfrentamento da violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”. “Qualificaremos o sistema de monitoramento das violências contra LGBT no Brasil, divulgaremos o disque Direitos Humanos (Disque 100), atuaremos no sentido de sensibilizar a sociedade brasileira e os parlamentares sobre a importância da aprovação do projeto de lei complementar 122/06 (PLC 122/06), que criminaliza os atos homofóbicos e estabeleceremos uma rede de acolhimento das denúncias de violência”, afirma o advogado.

O advogado diz na entrevista que “o avanço da homofobia está relacionado aos avanços e direitos pela população LGBT”. Para ele há uma “retaliação por parte de grupos mais conservadores da sociedade.” E diz que a ação prioritária será divulgar o Disque 100 e, “a partir dos dados colhidos” no serviço, o governo definirá a maior parte das ações de enfrentamento à homofobia no país.

Boa notícia, pois, o único estado do Brasil que tem dados oficiais de violência contra a população LGBT é o Rio de Janeiro, que possui o Disque Cidadania LGBT (0800-023-4567, ligação gratuita) e três centros de referência.

Gustavo falou que o Ministério da Educação tem sido um grande parceiro no enfrentamento da homofobia, tanto nas escolas, quanto nas universidades.


O advogado considera “um avanço que os temas da homossexualidade e da homofobia sejam debatidos pelos meios de comunicação e que isso promova um debate na sociedade de temas que são emergentes.” Com relação ao tão aguardado beijo gay em horário nobre, em uma novela, ele diz que a expectativa do governo é que a novela “se proponha a realizar um serviço realmente de esclarecimento, demonstrando que a homofobia é uma prática que não pode ser tolerada.”

Leia também: Gays na TV




Ao site “Mix Brasil”, Gustavo que está buscando alternativas para evitar o arquivamento definitivo do PLC 122/06, “que é fundamental para a nossa estratégia de enfrentamento da homofobia”.

Mande uma mensagem exigindo dos senadores a aprovação do PLC 122/06, clique aqui.

Assine o abaixo-assinado em apoio ao kit anti-homofobia, clique aqui!