Deputado Pastor Marco Feliciano, do PSC, protocola projeto de plebiscito sobre o casamento gay Resposta


O deputado federal fundamentalista Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), parlamentar da Frente Evangelíca, quer saber se os brasileiros são favoráveis ao casamento civil gay. Para isso, ele protocolou na manhã desta quinta-feira (27/10) um pedido de plebiscito com a assinatura de 186 deputados.
“São necessárias 171 assinaturas válidas, mas para garantir coletei 15 a mais”, explica. O deputado diz que a coleta de assinaturas começou em maio deste ano quando o Supremo Tribunal Federal reconheceu a união estável entre um casal homossexual.
O Projeto de Decreto Legislativo 495/11 vai agora ser destinado para uma comissão, ainda não designada, para análise. “Caso aprovado, em outubro do ano que vem quando os brasileiros irão às urnas, votarão também se concordam ou não com o reconhecimento legal da união estável.”

Através da sua conta no twitter ele prometeu pedir plebiscito para que o povo decida se o casamento homossexual é constitucional ou não. Segundo ele, “todo assunto que envolve orientação sexual parece constranger os legisladores. Não podemos protelar mais, ou votamos essas leis ou o STF o faz, eles ‘STJ e STF’ não foram eleitos pelo povo”. A briga no parlamento é pela auto-suficiência do STF e do STJ que passam a legislar como protetores da lei.

O deputado, critica o STF, pela decisão sobre a união estável, e o Superior Tribunal de Justiça pela recente decisão em favor do casamento civil de duas mulheres. Para ele, o judiciário está passando por cima do legislativo e da Constituição Federal.”Família é um homem, uma mulher e o nascimento de um filho.”

Ainda em seu twitter, Feliciano se manifestou contra o PLC 122 e disse que “dos 3.500 casos de crimes praticados contra gays, 95% foram crimes passionais” e concluiu dizendo que “sábado passado em Anapolis-GO, apedrejaram a igreja onde eu pregava. Palavras como crente tem conotação pejorativa”.

Minutos após esta declaração, ele desabafou, dizendo que “a mídia não tem interesse” sobre o seu trabalho na câmara. Por isso, planeja investir em sua imagem política através de discursos mais contundente em suas opiniões para que a mídia cristã tenha conteúdo, que inclue temas polêmicos, como este.


O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s