Ney Matogrosso detona Lady Gaga, Madonna e critica os gays brasileiros 2



O cantor Ney Matogrosso, em entrevista à jornalsita Marília Gabriela, exibida no dia 15 de janeiro, no GNT, disse detestar a cantora Lady Gaga, criticou Madonna e fez duras críticas aos gays brasileiros.

Quando perguntado sobre a diva Lady Gaga, Ney foi direto: “Não, eu não gosto dela.” “Por quê?”, perguntou Marília Gabriela. “Eu acho que ela é uma imitação da Madonna. Chata.” “Ela tem voz melhor do que a Madonna”, interfere Marília Gabriela. Ney responde: “Sim, canta melhor que Madonna, mas é uma cópia. Eu só me interesso por gente original. Sabe, então eu não acho ela original, eu acho ela over.” “As roupas…”, interfere Marília Gabriela, mais uma vez. “Não, não, a roupa é até interessante, mas o que me incomoda são essas pessoas que trazem para a vida delas o personagem. E elas são personagem na vida. Isso eu não gosto. Eu acho chato. Acho desnecessário. Eu não gosto dela”, sentencia Ney.

Sobre  outra diva, Madonna, Ney também não poupou críticas: “Já a Madonna eu também fazia restrições. Quando eu vi a Madonna cantando ao vivo pela primeira vez, eu tive uma decepção, que foi numa entrega de um Oscar, que ela não segurou, sabe? Eu disse: ‘ué, mas então é tudo truque, é tudo estúdio.’”

No final do programa, quando a jornalista pede para o convidado dizer uma frase, Ney Matogrosso, que parece ser uma voz solitária no meio artístico brasileiro, fala com sabedoria: “Eu acho que os gays no Brasil tinham que ter um pouquinho mais de consciência do seu significado como grupo e não ficar subindo em caminhões nas paradas gays e ficar se beijando. Quatro milhões se juntando podem eleger o presidente da República”.

Quem dera se alguns artistas gays, só alguns, nem precisavam todos, tivessem a lucidez e a sabedoria do Ney Matogrosso!

  1. Concordo com Ney, na parada do ano de 2011 houve "skin" batendo em um gay e mesmo tendo 4 milhões de gays em volta ninguém fez nada, é incrível a covardia de " gays " , na parada batem do peito sou gay – tenho orgulho de ser gay , mais no dia a dia se fazem de heterossexuais e se alguém diz " te vi na parada do orgulho gay " os mesmo dizem " Eu? Nada estava la para pegar mina "

  2. Apenas duas ressalvas sobre a entrevista de Ney. Ele não afirmou que 4 milhões de gays podem eleger um presidente, mas sim que podem definir um presidente. Ele não afirmou que os gays ao invés de subir em trios deveriam se conscientizar, mas sim que além de subir em trios os gays deveriam se conscientizar…

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s