Como eu saí do armário: Fernando Barbetta 5

Fernando Barbetta

Fernando Barbetta

Oi, meu nome é Fernando Barbetta, moro em Pomerode (SC). Sou estudante e tenho 16 anos.

Me assumi com 15 anos, já sabia que era homossexual desde os nove anos de idade, sempre olhava para garotos na escola e tal… Pelas redes sociais eu conversava com garotos, até que um dia conheci o meu namorado. Após muita conversa, colocamos no Facebook “relacionamento sério” e como aqui é cidade pequena, logo minha tia viu isso. De manhã eu estava na escola, quando cheguei em casa vi o computador ligado na página do meu Facebook.  Logo depois de um almoco silencioso minha mãe foi ao computador olhou, olhou e me perguntou quem era aquele cara, respondi que era um amigo, ela não acreditou. Depois me perguntou se eu era gay, respondi que sim, ela começou a chorar e falando onde foi que eu errei e blablablá. Nos dias seguintes, ela me xingou muito, me tirou do meu treino de judô, não deixava eu sair, nem saía com medo do que os outros falariam. Ela tentou me internar ligou para psicólogos e psiquiatras. E contou pro meu pai que mora em outra cidade. Ele me xingou muito ao telefone, e noutro dia, frente a frente ele falou que eu não era mais filho dele, que só tínhamos ligações sanguíneas, nada mais.  Ficamos em guerra dentro de casa por mais de meses. Até irmos pela primeira vez ao psiquiatra, onde ele disse que o problema era com minha mãe e não comigo.

+ Como eu saí do armário: Rafael Zveiter (criador do Entre Nós)

Hoje em dia, ja me entendo muito bem com a minha mãe, ela já conhece o meu namorado e se dão muito bem. Meu pai não comenta sobre o assunto, às vezes ele me manda indiretas. O resto da minha família aceitou normalmente, falam que já sabiam disso.

Esta é a minha história de como saí do armário. :)

  1. Pingback: https://blogentrenos.wordpress.com/ | " F I N I T U D E "

  2. Que bom que ficou tudo bem Fernando, eu tenho 18 anos e assumi aos 17 e a reação foi completamente conttrária ao que eu esperava (ruim), todo mundo me tratou super bem.
    Eu tô pensando em escrever pro blog mas é que já contei pra toda minha família menos pro meu pai então não sei se me encaixo no “sair do armário” totalmente.

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s