Rio Grande do Sul: cidade de Canoas tem cartório só para casos de racismo e de homofobia 1

Seguindo a linha de especializar o atendimento naquilo que interfere na vida da sociedade, Canoas (RS) ganhou nessa segunda-feira (11/3) mais um aliado. É o cartório para vítimas de homofobia e racismo, que tratará também casos de preconceitos religiosos, e concentrará todas as ocorrências desse tipo. A ideia dessa nova ferramenta da sociedade contra o preconceito, que funcionará na 3ª Delegacia de Polícia, é que pessoas que sofram qualquer tipo de agressão ligada à liberdade, seja racial, sexual ou religiosa, recebam um atendimento digno e eficaz. Segundo a delegada Sabrina Deffente, titular da 3ª DP, assim como acontece hoje, as pessoas poderão continuar fazendo o registro desses casos nas delegacias distritais, e essas ocorrências serão encaminhadas ao cartório. “Existem vários tipos de casos de homofobia, e cada um será analisado. Nem todos são crime”, explica. A partir de então poderá, dependendo da situação, ser instaurado o inquérito policial ou outro tipo de intervenção aliada à estrutura do município.

Fonte: Diário de Canoas

Um Comentário

  1. Pingback: ENTRE NÓS… | " F I N I T U D E "

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s