Casal de mulheres de Santa Bárbara D’Oeste (SP) cita inveja e preconceito em ameaça: ‘Incomoda’ 1

Boletim de ocorrência reproduz ameaça enviada acasal lésbico de Santa Bábara (Foto: Reprodução)

Boletim de ocorrência reproduz ameaça enviada a
casal de mulheres de Santa Bábara (Foto: Reprodução)

O casal de mulheres de Santa Bárbara D’Oeste (SP) que recebeu uma carta com ameaças e um símbolo nazista atribuiu o envio da mensagem não apenas à homofobia, mas também à inveja. “Incomoda ver duas mulheres vivendo juntas, independentes e felizes”, disse uma das parceiras, de 33 anos. O caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

A duas mulheres, de 25 e 33 anos, receberam a carta com conteúdo homofóbico e ameaças no sábado (9/3). A mensagem, de autoria de um grupo que se autodenomina Movimento Homofobia Já (MHJ), foi digitada e traz ainda a imagem de uma suástica, símbolo do nazismo. “Queremos vocês fora daqui. Vão ser felizes no inferno. Gays e negros são lixo. Coisas vão acontecer”, relata o documento.

Conforme o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, o casal vive há dois anos no bairro Mollon 4. Na carta, o grupo diz que as mulheres são vigiadas 24 horas por dia e reclama ainda de músicas em volume alto, gritarias e beijos entre pessoas do mesmo sexo no local. O G1 teve acesso ao boletim nesta segunda-feira (11/3).

O bilhete também traz insinuações relacionadas à filha de uma das vítimas, de nove anos de idade. “A polícia e o Conselho Tutelar vão adorar saber que existe uma criança que vive no meio de orgia e drogas”, escreveu o grupo na carta, entregue no final da tarde de sábado na casa das vítimas.

Uma das mulheres procurou a Polícia Civil horas depois para registrar ocorrência. Ela informou desconhecer quem possa ter enviado a mensagem. À polícia, a mulher também negou as acusações contidas na carta. O caso será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher de Santa Bábara.

Confira trechos da carta, conforme o registro policial:

“Primeiro aviso: nossa comunidade não admite mais estas atitudes imorais em nosso bairro. O Mollon, que sempre foi um bairro de família respeitado com seus idosos e crianças, hoje está habitado ou empesteado por gays, lésbicas, sapatões, seja lá que merda for.”

“Já conseguimos ficar livres de duas casas assim, temos nossos métodos. Vocês estão sendo vigiadas 24 horas pela vizinhança. Conhecemos todos que frequentam esta pocilga. Os vizinhos não aguentam mais som alto com músicas de baixo calão, brigas e gritarias até altas horas. Se isso não bastasse, temos fotos e filmes de lésbicas se beijando em frente da casa.”

“Como já disse, temos crianças e pessoas de família que não são obrigadas a conviver com isso. Se esta é a vida que escolheram viver, vão ter que sofrer as consequências da repugnação das pessoas de bem. Queremos vocês fora daqui. Vão ser felizes no inferno.”

“Em sua casa nada vai acontecer, mas quando saírem na rua prestem atenção. A polícia e o Conselho Tutelar vão adorar saber que existe uma criança que vive no meio da orgia e drogas. Como eu disse, temos fotos de tudo isso, não somos amadores. Sempre tem um primeiro aviso, depois ação. Gays e negros são lixo. Coisas vão acontecer.”

Vigiadas

“O que mais nos preocupou é que escreveram que estamos sendo vigiadas 24 horas por dia. Não vamos mudar nossa rotina de vida, mas é claro que a partir de agora vamos prestar mais atenção nas coisas, principalmente na rua”, afirmou a mulher de 33 anos. Ela ainda disse que “Não devemos nada a ninguém. Somos homossexuais e temos a nossa vida. Lutamos e trabalhamos bastante para chegar onde estamos hoje”, disse.

Sobre drogas e brigas, ela disse: “Isso não é verdade. Trabalhamos das 6h às 18h. Não fazemos festa aqui. Quanto às drogas, nem cigarro a gente fuma”, afirmou a mulher, que vive com a companheira há quatro anos.

Um Comentário

  1. Pingback: ENTRE NÓS. | " F I N I T U D E "

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s