Secretaria de Estado do Maranhão participa de reunião de enfrentamento à homofobia Resposta

Representantes do poder público e movimentos sociais se reuniram, nesta segunda-feira (25/3), no Palácio Henrique De La Rocque, para articular a Rede de Enfrentamento à Homofobia no Maranhão. Segundo Lúcia Azevedo, supervisora de Intersetorialidade e Descentralização da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc), a formação da rede é apenas uma das ações de políticas públicas para o combate à homofobia no Estado.

Na ocasião, foi discutida e avaliada a logística da constituição de redes como forma de atuação política dos movimentos sociais. As experiências anteriores dos movimentos presentes foram apresentadas no sentido de fornecer subsídios para a organização estrutural da rede de enfrentamento à homofobia.

Para a secretária de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania, Luiza Oliveira, a rede é um importante veículo para o diálogo entre a sociedade e o poder público. “Estamos fomentando o diálogo e a interação da população dentro da intersetorialidade dos direitos humanos. Desta maneira, estaremos em caráter estadual combatendo a homofobia”, declarou Luiza Oliveira.

A metodologia será possibilitar a liberação do fluxo de demandas recebidas pelos movimentos e ouvidorias aos devidos órgãos competentes. Dessa maneira, a participação de Secretarias de Estado de Saúde, Direitos Humanos, Educação, Esporte e Lazer, dentre outras, faz-se necessária.

Heberth Sousa, membro do Movimento Passe Livre, levanta a preocupação para a agilidade no processo de implantação da rede. “Enquanto discutimos, existem pessoas que estão sendo massacradas, violentadas e assassinadas. É preciso ter pressa para começarmos nossa atuação”, alertou Heberth Sousa.

Como encaminhamento para próxima reunião, que deve acontecer mensalmente, ficou acordado que haverá uma explanação sobre a atuação dos órgãos e movimentos presentes. Para os membros, esse esclarecimento é importante como forma de conhecer as competências dos órgãos para saber como encaminhar as possíveis vítimas de homofobia. A próxima reunião está marcada para o dia 18 de abril, às 15h, na Sala de Reunião da Vice-Governadoria.

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s