Em vídeo, menino de 12 anos reclama de bullying e impressiona no discurso contra homofobia 1

"Sabe o que é perturbador? Que isso venha de mim, que tenho 12 anos e já sei disso", comenta Theo em vídeo

“Sabe o que é perturbador? Que isso venha de mim, que tenho 12 anos e já sei disso”, comenta Theo em vídeo

Um garoto de 12 anos que virou uma celebridade na internet por publicar vídeos em que aparece dançando e dublando músicas de sucesso decidiu usar a mesma ferramenta para desabafar sobre bullying que tem sofrido justamente pelos vídeos que publica.

Theo Chen, que vive em Cingapura, costuma fazer vídeos editados para suas danças e dublagens de artistas como Bruno Mars, Justin Bieber e Pink. O material rendeu ao garoto uma série de comentários agressivos, sobretudo os que o chamam de gay.

Em um vídeo intitulado “Gay”, Theo desabafa. Sem as edições normais de seus vídeos de música e dança, o garoto mostra uma clareza de ideias que impressiona pela pouca idade ao reclamar das agressões verbais que vem sofrendo, inclusive de quem ele considerava amigo.

— Eles só querem fofocar sobre mim também com dez mil pessoas se eu sou gay ou não. E honestamente, eu não sei. Vocês querem saber quantos anos eu tenho? Tenho 12 anos de idade. E vocês me chamam de gay. Honestamente, neste momento eu não sei. Mas quem se importa se eu sou gay? Achei que este fosse um mundo livre.
Ele reclama que os comentários não o tratam como gay apenas na internet. A fofoca e o tratamento agressivo se espalharam também entre os colegas de escola.

— Querem saber? Se qualquer um de vocês assistir a isso e eu me tornar gay, espero que vocês sejam cabeça aberta sobre isso, ok? Agora, eu gosto de meninas. Não penso que seja gay no momento. Não que haja algo de errado em ser gay. Não acho que a humanidade deva julgar as pessoas pela sexualidade porque não é certo.

Para Theo, aqueles que o ofendem deveriam analisar as pessoas pela personalidade delas e não pela sexualidade.

— Muitos de vocês vão ver este vídeo e pensar “sim, ele definitivamente é gay. Não me importo. Fiz este vídeo para pedir a vocês para que pensem sobre o que dizem. Porque está atacando meus nervos, é torturante. As pessoas fofocam sobre mim. E, sabe, não me apreciam por quem eu sou.

Theo manda ainda um recado aos veteranos da escola onde estuda, para que parem de julgá-lo. Segundo o garoto, os comentáros que surgiram em sites chamando-o de gay o motivaram a fazer o vídeo.

— Sabe o que é perturbador? Que isso venha de mim, que tenho 12 anos e já sei disso. Eu deveria estar aproveitando a escola, mas não estou, porque as pessoas falam de mim o dia todo. E isso realmente me incomoda. Então, por favor, podem parar?

Veja o vídeo, clicando aqui.

Um Comentário

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s