Áustria nega refúgio a homossexual afegão por “não parecer gay” Resposta

Leaders Meet In Brussels For European Council Meeting - Day One

Primeiro ministro da Áustria, Sebástian Kurz.

Veja você que absurdo! Um afegão de 18 anos pediu asilo na Áustria alegando sofrer perseguição por ser gay, mas recebeu resposta negativa do escritório de estrangeiros e refugiados de Viena. Motivo? Ele não parecia ser homossexual o suficiente. Isso mesmo! A informação é da revista Falter.

“A maneira de caminhar, sua atitude e sua forma de se vestir não dão a entender em absoluto que possa ser homossexual. Ao não sê-lo, não tem nada a temer ao retornar ao Afeganistão”, diz o relatório. E não para por aí. Os funcionários austríacos alegaram que, por ter brigado com outros meninos, o jovem “tem potencial de agressão que não cabe esperar em um homossexual”. Segundo os avaliadores, “os homossexuais são mais sociáveis”. Por fim, os funcionários não acreditam no jovem quando ele afirma que beijou meninos que não eram gays, porque, se fosse verdade, “teriam levado uma tremenda surra”.

O retorno do jovem ao seu país significa risco a sua vida. Mas o primeiro-ministro, Sebastián Kurz, da extrema-direita, que formou uma coalizão de governo com o Partido Liberdade (FPO), fundado nos anos 1950 por oficiais de SS nazista parece não se importar.

Como vocês sabem, existem homossexuais efeminados, não efeminados, com diversas características, assim como gays.

Astro do cinema pornô gay anuncia aposentadoria Resposta

Brysen

Brysen decidiu se aposentar e se dedicar exclusivamente ao esporte.

Um dos maiores atores do cinema pornográfico gay anunciou que vai abandonar a carreira para se dedicar unicamente ao trabalho como atleta de wrestling (um tipo de luta marcial), esporte que pratica há 23 anos. Atualmente Brysen, que era da produtora Sean Cody, integra o time da Universidade de Michigan, no EUA.

“Amigos, família, fãs do meu trabalho anterior, estou super animado por ser host no primeiro evento em minha nova cidade, Los Angeles”, escreveu o ex-ator, que vem atuando como host em casas noturnas. “Não posso nem começar a dizer o quão grato estou por todas as pessoas incríveis que conheci até agora que me ajudaram a me sentir em casa”, continuou.

“Eu me afastei da indústria pornográfica para buscar outras oportunidades de emprego, então, se possível, tente manter o tópico da conversa fora do meu trabalho anterior na indústria cinematográfica adulta. Se você quiser me elogiar, isso é uma coisa, mas flertar e ser um merda só vai te colocar no seu lugar”, escreveu. Bissexual, Brysen atuava em cenas como passivo e ativo.

 

 

Ruby Rose deleta conta no Twitter e critica mulheres e comunidade LGBT Resposta

Ruby Rose

Ruby Rose

 

A atriz norte-americana Ruby Rose deixou o Twitter após reação negativa ao anúncio de que ela fará a heroína Batwoman em uma série de mesmo nome na emissora The CW. As críticas vinham desde sua capacidade de ser atriz até mesmo por não ser a atriz lésbica ideal para o papel.

Antes de apagar sua conta na rede social, Ruby fez uma crítica às mulheres e à comunidade LGBT que não gostaram da sua escolha para o papel, alegando que ela não seria lésbica: “Onde surgiu essa conversa de ‘Ruby não é lésbica então ela não pode ser a Batwoman’ – isso deve ser a coisa mais ridícula que eu já li. Eu saí do armário aos 12 anos? Pelos últimos cinco anos tive que lidar com críticas como ‘ela é muito gay’ e agora vocês mudam de opinião assim? Eu não mudei. Queria que nós nos apoiássemos em nossas jornadas”, escreveu a atriz, segundo o site Deadline.

“Quando mulheres e minorias se juntam nós somos imbatíveis… quando nós começamos a nos destruir causamos muito mais danos do que qualquer outro grupo. Só queria que mulheres e a comunidade LGBT se apoiassem mais. Queria que fôssemos um pouco mais gentis. Este está sendo um ano maluco, especialmente este ano”, continuou.

“Estou ansiosa para sair do Twitter e dormir mais do que quatro horas por noite enquanto foco minha energia nos meus dois próximos projetos. Se precisarem de mim, estarei no meu ‘Batfone'”, completou Ruby.

Disney chama um hétero para interpretar o primeiro gay assumido em um filme seu e recebe críticas Resposta

Jack Whitehall

Jack Whitehall

EM 2019, finalmente a Disney estreia novo filme, em que pela primeira vez terá uma personagem gay.

“Jungle Cruise é um filme inspirado numa antiga atração do parque da Disney, em que os visitantes seguiam por um ‘cruzeiro’ recheado de aventura, lidando com animais e com elementos super-naturais pelo caminho.

O ator e comediante Jack Whitehall (série “Bad Education”) foi o escolhido para o papel, mas a escolha não está foi recebida de forma consensual.

Conta a Sky News que  Omar Sharif Jr., filho do ator nomeado para um Óscar Omar Sharif, e o ator e produtor Emmerson Collins são algumas das figuras que criticaram publicamente a escolha, pelo fato de o ator escolhido ser heterossexual.

O ator Jack Whitehall, por seu lado, publicou recentemente um vídeo nas redes sociais a partir da rodagem do filme, confirmando que já está a trabalhar no projeto e onde realça que foi uma “grande honra” ter sido o escolhido.

O filme, que deverá estrear-se no outono de 2019, conta ainda com nomes como Dwayne Johnson, Emily Blunt e Paul Giamatti no elenco.

Opinião:

Desejo boa sorte ao ator e penso que gays podem interpretar héteros, héteros gays, etc. Entretanto, por se tratar de algo histórico, eles deveriam, sim, ter convidado um ator assumidamente gay para interpretar.