Karol Lannes, a Ágata de “Avenida Brasil”, revela que é lésbica Resposta

Mudança

Ana Karolina Lannes (18), que ficou conhecida na infância por interpretar Ágata, filha de Carminha (Adriana Esteves), em “Avenida Brasil”, assumiu publicamente que é lésbica:

“Eu sempre me aceitei em relação a tudo – meu corpo, minha sexualidade, sempre respeitei minhas decisões, e meus pais também. Tive mais sorte que a maioria da comunidade. Eu não sofri discriminação em casa, recebi apoio.”

Ela diz que por ter um pais homossexuais (um casal gay) enfrentou julgamentos ainda antes de se descobrir. “Ouvi de muitas pessoas, antes mesmo de eu explorar a minha sexualidade, que eu viraria gay por conta dos meus pais.

“Mas, se dependesse da influência deles, eu seria uma princesinha. Sempre fui mais meninona mesmo, até no jeito de me vestir.”, conta Karol. Ela disse na mesma entrevista que roubava roupas dos pais para se vestir como queria.

Karol, que é DJ em uma casa noturna hoje em dia, disse que chegou a ficar com alguns meninos no início da adolescência. Ela contou também que ficou com a primeira menina com uns 15 anos.

Se em casa não havia discriminação, na escola a situação era diferente:

“No início, alguns meninos da minha sala eram imaturos. Comentários e indiretas maldosas sempre existiram, mas nunca me importei. Eu era miga dos professores (risos), sempre me rodeei de pessoas que pudessem agregar na minha vida positivamente, não pessoas que querem te derrubar”.

Informações: UOL

Após ser desafiada por Anitta, Preta Gil se manifesta sobre Bolsonaro Resposta

Preta e Anitta.jpg

Preta Gil, que já foi alvo do discurso ódio do Jair Bolsonaro, se manifestou a respeito do movimento #EleNão, após ser desafiada pela cantora Anitta a se pronunciar sobre as eleições. A reação de Preta surpreendeu pelo tom nada amigável.

View this post on Instagram

Não preciso ser desafiada para falar o que já é óbvio, público e notório há sete anos, parece até que se esqueceram desses vídeos, pode até ter edição, mas a intenção de me agredir não teve. Não tem como eu apoiar um candidato que fez agressões gratuitas, calúnias e difamações a mim, a minha família e a tantos outros. Eu já senti na pele a fúria do mesmo e de seus eleitores, e não me intimidei, nem entrei no jogo da violência, segui sendo quem eu sou, lutando pelos meus ideais com amor e respeito e defendendo o que considero certo sem precisar ofender ninguém. Não me sinto no direito de desafiar ninguém a declarar repúdio ou apoio a ninguém, cada pessoa se posiciona ou não, por livre e espontânea vontade e deve ser respeitada. #souelenãohá7anos e sei que está difícil, que estamos cansados, mas não podemos deixar o ódio dominar nossas vidas. Vote em quem quiser, mas não agrida ninguém, não ameace as pessoas, isso não está certo. Sigo aqui na paz lutando por mim e por todos e todas que são diariamente atacados por discursos e atitudes racistas, homofóbicas e machistas!!! PS: vocês que me cobraram posicionamento esses dias, que me xingaram e que me ameaçaram… vocês não me conhecem, já meus fãs conhecem meu caráter e minha índole, eles não me cobram e não me julgam, eles me apoiam!!! #meuambienteélindo

A post shared by Preta Gil 🎤 (@pretagil) on

 

Casal de pinguins gays ‘sequestra’ filhote de casal hétero em zoo Resposta

Pinguins

Pinguins gays com filhote ‘sequestrado’ Foto: Reprodução/Facebook (Odense Zoo)

O zoológico de Odense (Dinamarca) está vivendo uma situação inédita e inusitada. Um casal de pinguins gays “sequestrou” o filhote de um casal hétero quando os rivais deixaram o bebê sozinho e saíram para nadar.

“Os pais sumiram e o filhote foi simplesmente sequestrado. Os responsáveis são um par de machos gays”, disse à emissora DR Sandie Hedegård Munck, que é veterinária no zoo.

“Quando eles viram o filhote sozinho, provavelmente pensaram: ‘Isso é péssimo, vamos pegá-lo’. Achei que os pais voltariam e exigiriam o filho de volta, mas o pai ficou andando por aí e se exibindo como se não tivesse um filhote”, acrescentou ela.

A direção do zoo deixaria o filhote com o casal gay se o casal hétero não se esforçasse em recuperá-lo. Mas, após um dia, os pais originais enfrentaram os pinguins gays e, com a ajuda de Sandie, tiveram o filhote de volta.

O final feliz também contemplou o casal gay. Veterinários deram a eles um ovo de uma mãe que não tinha como cuidar dele. Em breve, a família vai aumentar.

Para ver o vídeo clique aqui.

Fonte: Jornal Extra

Personagem gay faz parte da trama central de “Malhação” Resposta

Pedro Vinicius

‘Não há sentido algum em ser preconceituoso’, diz Pedro Vinicius, o Michel de “Malhação”.

O personagem Michael (Pedro Vinicius) está no centro da atual trama de “Malhação: vidas brasileiras”. Em entrevista ao Gshow, a autora da novela Patrícia Moretzsohn adiantou que a nova fase promete trazer muita emoção.

“Michael vai viver uma bela história de amor. Era isso o que a gente pretendia fazer, fugir dos preconceitos e falar de um romance tocante. E acho que conseguimos”, assegurou a autora.

A trama também abordará a homofobia.

Família real britânica tem seu primeiro casamento gay Resposta

Casamento

INSTAGRAM, @IVAR_MOUNTBATTEN

Lorde Ivar Mountbatten fez história, este fim de semana, ao ser o primeiro membro da família real britânica a casar com alguém do mesmo sexo. O primo distante da rainha casou-se no sábado com James Coyle, na sua mansão em Devon, no Sudoeste de Inglaterra.

A cerimónia ocorreu longe dos holofotes. “Foi um dia maravilhoso, apesar do horrível clima britânico”, partilhou o nobre no Instagram. Não se sabe ao certo quem esteve presente. Contudo, sabe-se que os duques de Cambridge estiveram, nesse dia, no casamento de uma grande amiga de Kate Middleton, Sophie Carter, que é madrinha da princesa Charlotte.

Mountbatten casou-se pela primeira vez em 1994 com Penelope Vere Thompson, com quem teve três filhas, com idades entre os 15 e os 22 anos. Divorciaram-se em 2011, de forma amigável, e cinco anos depois o lorde assumiu publicamente a sua homossexualidade. Aliás, no sábado, foi Penelope quem levou o ex-marido ao altar.

O casamento entre pessoas do mesmo sexo entrou na lei em Inglaterra e no País de Gales em Março de 2014. Num discurso ao Parlamento, em 2017, a rainha apoiou os direitos LGBT. “O meu executivo vai fazer novos avanços para lidar com as diferenças salariais e discriminação contra pessoas com base na sua raça, religião, gênero, deficiência ou orientação sexual”, disse.

Dono da mais famosa sauna gay do Brasil afirma que vai votar em Jair Bolsonaro Resposta

Douglas Drumond

Depois de Amir Khader ser filmado beijando Jair Bolsonaro (PSL), agora é a vez de um poderoso empresário postar em sua conta do Twitter apoio ao Coiso. Trata-se de ninguém mais, ninguém menos que Douglas Drumond, dono da mais famosa sauna gay do Brasil, a Chilli Pepper.

Douglas vota em jair

Em sua conta no Twitter, Douglas declara voto no homofóbico Bolsonaro

Jair Bolsonaro é abertamente homofóbico, apesar de agora, candidato, querer fazer as pessoas acreditarem que não.Ele disse que os pais, quando perceberam que os filhos têm tendência a serem homossexuais, basta dá um “couro” – entenda-se surra – que ele “muda”. Ainda, o mesmo declarou, em ocasiões anteriores, que a homossexualidade está atrelada à falta de educação, e que um filho dele jamais seria LGBT porque ele soube “educar”. Porém, na hipótese de ter um herdeiro gay, o militar afirmou que seria incapaz de amá-lo.

Diante da repercussão negativa entre seus clientes, Douglas resolveu apagar tuíte.