Processo Renato Seabra (modelo que matou e castrou namorado) terá “longos” recursos 2

Você que acompanha o blog já deve ter lido postagem sobre o caso chocante do belo modelo que matou e castrou o namorado, um importante jornalista português, em Nova York (EUA). Leia mais, clicando aqui. Na semana passada ele foi condenado. Mas o processo não para por aí. Quando o juiz Daniel Fitzgerald proferir a sentença do caso Renato Seabra, no próximo dia 21, os advogados de Defesa irão interpor recurso de imediato para o primeiro departamento do Supremo Tribunal do estado de Nova York. O jovem de Cantanhede foi considerado, na passada sexta-feira, culpado Mais ajuda…

Modelo estava perturbado quando matou jornalista português, diz advogado Resposta

O modelo Renato Seabra (22) estava perturbado quando matou e castrou o jornalistaportuguês Carlos Castro (61) em um quarto do Hotel Intercontinental, perto da Times Square, em Nova York, acreditando que ele poderia “aproveitar o poder” dos testículos decepados do homem, disse um advogado de defesa no início do julgamento por assassinato nesta sexta-feira.  O crime ocorreu em janeiro de 2011 e foi noticiado pelo blog. Os promotores disseram ao júri que Seabra sabia o que estava fazendo quando sufocou Castro e pisou em sua cabeça, espancou o jornalista com um monitor de computador e Mais ajuda…

Modelo confessou ter assassinado jornalista português em NY Resposta

O jornalista de 61 anos, Carlos Castro e o modelo de 21 anos Renato Seabra O modelo português, Renato Seabra, confessou ontem (10/01) que matou seu companheiro, o jornalista Carlos Castro, encontrado morto em Nova York.  Renato disse que matou Carlos ¨para se livrar dos demônios e de vírus¨, e que agrediu o jornalista com pontapés e socos por mais de uma hora, bateu com um monitor de computador na cabeça dele e depois o castrou com um saca rolhas. Ele está internado em uma ala psiquiátrica do Bellevue Hospita, em NY, após tentativa de Mais ajuda…