Em Florianópolis, Cesar Souza Junior apoia testes voluntários de HIV em órgãos públicos, escolas e empresas Resposta


Cesar Souza Júnior (PSC), foi eleito prefeito de Florianópolis, para enfrentar os problemas sanitários do município, pretende começar eliminando as grandes filas nos hospitais. Para isso, promete um mutirão, bairro a bairro, com o conjunto de médicos necessários. “Essa desobstrução permitirá não só atender a pessoas que estão aguardando há muito tempo na fila, como permitirá que os novos procedimentos venham a ter eficácia”, analisa o plano de governo do prefeito eleito.
Na área da prevenção, Cesar Junior afirma que equipes médicas visitarão periodicamente órgãos públicos, escolas e empresas, fazendo exames preventivos, como exames básicos de sangue, câncer na próstata, câncer de colo de útero, HIV, dentre outros.
Considerando o “avanço da epidemia de aids na cidade” e a “falta de eficiência no atendimento e na disponibilidade de medicamentos”, o novo prefeito diz que sistema de saúde municipal precisa atuar de forma a atender as necessidades da população.
De acordo com dados do Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde, Florianópolis é a segunda capital brasileira que registrou mais casos de aids em 2010. São 57,9 notificações para cada 100 mil habitantes. A cidade fica atrás apenas de Porto Alegre, com 99,8 casos.