Boy George vem ao Brasil Resposta

Boy George, vocalista do Culture Club deve vir ao Brasil no próximo ano para tocar como DJ em um cruzeiro totalmente gay. A viagem a bordo do navio de luxo Vision of The Seas, deve acontecer no final de Março, saindo do porto de Santos até Búzios, no Rio de Janeiro.


A festa Vanity Cruise, organizada pela empresa MOB produções, oferece ainda para seus mais de 2000 tripulantes, parede de escaladas, SPA, piscina interna e externa, hidromassagens e outras atrações.

Recife: Galo da Madrugada terá camarote gay Resposta

O Galo da Madrugada no carnaval de Recife (Foto: Reprodução)
Pela primeira vez para o desfile do Galo da Madrugada haverá um camarote de grande porte direcionado ao público LGBT.

Será o ‘Metrópole Secrets’, que chega para confirmar o conceito de exclusividade e alegria que a marca do Clube Metrópole levará para a folia do Galo, em um ambiente confortável e repleto de surpresas. A começar pelo serviço All Inclusive e buffet com um wellcome coffe (café da manhã) e petiscos ao longo da festa. 
O espaço também ganhou conceito de marca e produção executiva da agência pernambucana Dot Assessoria & Promoção, que está à frente da produção do ‘Metrópole Secrets’, auxiliando a promoter Maria do Céu, organizadora do camarote, que promete muita criatividade para o espaço que receberá 700 pessoas.
A localização do camarote ainda é secreta e só será divulgada nos próximos dias, quando for anunciada o início da venda e valores dos convites do espaço. “Onde todos irão revelar os seus mais secretos segredos e fantasias no Carnaval 2011”.
O público que irá para a festa do Galo para participar do ‘Metrópole Secrets’ encontrará um ambiente climatizado, cenografia especial para dar todo charme, e exclusividade com decoração temática inspirada em um Carnaval clean remetendo ao conforto das cores branca e tons de lilás. 
No camarote o público encontrará um lounge club, bares, banheiros exclusivos, segurança, além de um área de relax e beleza, com serviços de massoterapia, estúdio de cabelo e maquiagem e moda de customização de camisetas.
Na programação, os foliões contarão ainda com shows de bandas locais e a animação de setlists de DJs que agitarão o ‘Metrópole Secrets’ nos intervalos dos trios com os melhores sucessos do funk, axé, pagode e da house internacional.
Ainda animando o camarote haverá a presença de Gogo Dancers que farão performances sensuais nos queijos (mini plataformas) remetendo o clima da noite de uma boate.
*Com informações do Jornal do Commercio / Blog de Jamildo

Árabes fogem da homofobia em Nova York Resposta

Nova York é talvez o centro do mundo. A cidade mais moderna do planeta. Lá é possível encontrar todas as tribos. Inclusive para todas as subculturas de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT). Existe grupo de apoio a gays vegetarianos, 62 grupos de religiosos LGBT etc. Lá também rola uma festa para a comunidade LGBT do Oriente Médio, como mostra matéria do “Jornal do Brasil” desta segunda-feira (31/01/11).

A festa tem o nome de “Habibi” (“amado” em árabe). Ela foi criada em 2002 pelo DJ Abraão, um dos fundadores da Sociedade Árabe de Gays e Lésbicas (SAGL).

O grupo cresceu, mas na visão de Abraão, isso não quer dizer que seja um fator positivo, “porque há todas as nacionalidades do Oriente Médio. Os egípcios querem sair com os egípcios, os marroquinos querem sair com os marroquinos. Esse é sempre um problema dos árabes”. Abraão aceitou das entrevista ao JB sem revelar o sobrenome.

O “problema dos árabes” é também brasileiro. Os ursos saem com os ursos, as barbies com as barbies, uma pena, mas quase sempre é assim.

Nos anos 1990, a SAGL se reunia no centro LGBT do West Village. Rolava chazinho e biscoito, um bate-papo, mas a coisa foi ficando chata e surgiu a necessidade de ter uma festa. Afinal, jogação e pegação são necessidades universais de grande parte dos LGBT.

A primeira edição da Habibi aconteceu em um restaurante italiano no sul de Manhattan. Hoje a festa é itinerante, percorre clubes LGBT e heterossexuais. além de bares de narguilé em toda a Manhattan. A festa só não acontece no mês sagrado do Ramadã.

A festa foi ganhando forç a medida que as reuniões presenciais do grupo foram enfraquecendo, já que todos se encontravam online. Hoje ela chega a atrair 300 pessoas. Árabes de todas as classes sociais.

Muitos árabes encontram na festa uma forma segura de se divertir, linge do preconceito que sofrem por parte de alguns estadunidenses, devido aos ataques de 11 de Stembro.

LGBT muçulmanos enfrentam dificuldades para conciliar religião e sexualidade. Na maior mesqueta da cidade e uma das mais progressistas, o Centro Cultural Islâmico de Nova York, o imam Ali Shamsi adotou a política do “não pergunte que eu não respondo”, comum em Igrejas Católicas brasileiras.

“A homossexualidade, o adultério e a fornicação são pecados muito graves, mas você não precisa falar sobre isso – diz Ali. Fica entre você e o Criador. Gays e lésbicas são aceitos, desde que não falem nada.

Dicas de Réveillon no Rio, Floripa, Sampa e Salvador Resposta

Surtou e resolveu não viajar? Tá sozinho? Não se desespere. Preparamos algumas opções para quem não faz plano, se enrolou…

Rio de Janeiro

Amanhã (31/12) tem “The Week Réveillon – The Spirit of Star” (a partir de 1h). O melhor clube LGBT da Cidade Maravilhosa se uno ao selo francês “The Spirit os Star”. Tocarão os DJs Gustavo Junior, Chris Cox (EUA), Aurel Devil (França) e Edu Quintas. E tem show de Lorena Simpson. Local: R. Sacadura Cabral, 154 – Saúde. Ingresso a partir de R$ 120 (antecipados).

Florianópolis

E.Joy de Réveillon no LIC. Tocarão os DJs Rodolfo Bravat, Felipe Lira, Alê Bittencourt e Marco Silva. Local: Lagoa Iate Clube – R. Hipólito V. Pereira, 620 – Lagoa da Conceição. Ingreço a partir de R$ 50.

São Paulo

O clube Tunnel recebe, a partir das 23h os DJs que bombaram durante o ano: Paulo Pringles, Jura, Gustavo Vianna e Alexx Berrios. No sbsolo tem flashback, por conta de Ginger Hot e Edu Pietro. Shows de Nany People e Thalia Bombinhas, além de suas convidadas. Local: R. dos Ingleses, 355 – Bela Vista. Ingressos a partir de R$ 25.

Salvador

A “White Party” é fruto da união do Off Club Salvador e a Mc’s Produções. O DJ e gato Ferrucio Alisson (CE) é o grande nome da noite. A noite ainda conta com show de Andrezza Lamarck. Local: Boate Off Club – R. Dias D’Ávila, 33 – Barra Salvador. Ingressos: a partir de R$20 ou no http://www.cenasalvador.com.br

Homofobia em festa da Vivo 1

Seguranças da casa noturna curitibana Liqüe ou contratados pela Vivo são acusados de homofobia. Eles expulsaram um casal de rapazes que se beijou durante a festa patrocinada pela operadora Vivo, Vivo Conectado, na última sexta-feira (10/12). Um amigo dos rapazes tentou filmar a confusão, mas teve o seu aparelho arrancado de suas mãos e em seguida foi expulso da festa.

Já do lado de fora da casa noturna, a confusão recomeçou quando outros rapazes foram expulsos da festa. Uma pessoa conseguiu registrar esse momento. No vídeo, um segurança tenta tomar o celular da mão da pessoa que estava filmando. Os rapazes gredidos tiveram hematomas. Convidados em redes sociais para o evento da operadora Vivo, os leitores agredidos querem processar a empresa e a casa noturna. Segundo relato, uma pessoa que se identificou como Rafael Mueller, teria dito que não queria gays se beijando em “sua” festa.

Na úlima segunda-feira, no Twitter, a Liqüe (@lique) se defendeu, dizendo que um dos rapazes colocou a mão dentro da calça do outro e afirmou que as imagens divulgadas pelo YouTube são da confusão que se deu por um dos rapzes fumar em local proibído. Na página do Twitter do evento (@vivo_conecato), a organização atesta a declaração da casa e afirma que os rapazes tiveram “um comportamento inadequado e contra a lei para um ambiente público”.

Um dos agredidos, um publicitário de 23 anos, afirma que os seguranças usaram de força exagerada. O casal fez uma denúncia ao Ministério Público do Paraná.

Essa não é a primeira vez que a Liqüe é acusada de homofobia. Em 2008, um casal gay foi expulso da casa por se beijarem lá. Na ocasião, a casa se defendeu dizendo que não tem preconceito. Um grupo promete para amanhã um beijaço na frente do clube em protesto.


*Com informações do Lado A.