Adolescente de 17 anos é vítima de ataque homofóbico no Mato Grosso do Sul Resposta



Um adolescente de 17 anos foi agredido por volta de 19h15min, desta terça-feira (27/09), na cidade de Pedro Gome (MS).

De acordo com a polícia, o adolescente estava conversando com uma amiga de 12 anos, quando um grupo de pessoas se aproximou e iniciou uma sessão de agressões verbais contra ele, o chamando de “viadinho”, “boiola” e dizendo que ele tinha que apanhar por que era “gay”. Em seguida começaram a agredi-lo fisicamente, chegando a lesionar sua cabeça.

A Polícia Militar (PM) esteve no local e socorreu a vítima até o hospital municipal.

De acordo com a menina de 12 anos, que testemunhou as agressões, os autores foram um jovem de 22 anos e duas mulheres que são irmãs, moradoras do mesmo bairro, onde aconteceram as agressões.

A PM repassou todas as informações a Polícia Civil de Pedro Gomes, que já trabalha no caso.

*Informações do “Coxim Agora”