Rússia: Lady Gaga será processada por defender direitos dos gays Resposta

Lady Gaga

Tal como Madonna, agora Lady Gaga é acusada de fazer propaganda homossexual (saiba mais clicando aqui).

Ainda esta semana Lady Gaga elogiava a postura do primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, que havia se manifestado contrário às leis locais, como a São Petersburgo, que proíbem a manifestação da homossexualidade em público ou dirigida a jovens.

Mas os conservadores russos acusam agora a cantora de “promoção da homossexualidade” após o concerto que deu na Rússia este domingo em São Petersburgo. Milonov, o político por trás da lei anti-gay da cidade, tentou proibir a entrada a menores de 18 anos no concerto, mas não conseguiu. E agora acusa a cantora de ter apoiado abertamente os direitos das pessoas LGBT no início do seu concerto onde estavam crianças de 12 anos.

Na próxima quarta-feira a cantora tem um novo concerto, desta vez em Moscou. Aguarda-se agora os possíveis desenvolvimentos jurídicos a exemplo dos que quase levaram Madonna ao banco dos réus e se livrou de uma multa de 8 milhões de euros.