“Moonlight”vence prêmio de associação LGBT Resposta

MoonlightGLAADBestPicture-640x480

Premiação de “Moonlight”

Depois de ganhar o Oscar 2017 de melhor filme, “Moonlight – Sob a Luz do Luar” segue colecionando prêmios. Agora, a produção recebeu a estatueta de Melhor Filme do GLAAD Media Awards, na noite deste sábado (1). A tradicional premiação é dedicada aos projetos que mais destacaram a comunidade LGBT nos EUA. As informações são do site The Hollywood Reporter.

gays.jpeg

Cena de “Moonlight”

Produzido pela Vertical Entertainment, “Other People” recebeu o prêmio de Melhor Filme com Lançamento em Circuito Limitado, enquanto “Transparent” confirmou o favoritismo e ganhou entre as séries de comédia. “Shadowhunters” superou os conhecidos “Grey´s Anatomy”, “Orphan Black” e “How to Get Away With Murder” ao vencer em Melhor Série Dramática.

Queridinho do público de “Black Mirror”, “San Junipero” ganhou como Melhor Episódio de Série. Já “Eyewitness” recebeu o prêmio de Melhor Filme Para TV ou Minissérie. Neste ano, o GLAAD Media Awards chegou à 28a. edição em Los Angeles.

Ator Jackie Chan participa de campanha contra a homofobia 4

Jackie-Chan-Pictures-HD-4

O ator Jackie Chan (59) “saiu do armário”. Bem humorado, o chinês participou de uma ação do grupo Aliança Gay e Lésbica contra a Difamação (GLAAD), que combate o preconceito e promove o respeito à diversidade sexual.

Durante as gravações, o ator teve a ideia de fazer um trocadilho com o termo e, literalmente, sai do armário, sorrindo. Em seguida, o ator diz: “Eu sou Jackie Chan. Eu estou saindo do armário por aqueles que lutam pela igualdade”.

Antes da ação de abrir as portas do armário, Jackie diz que “não basta falar sobre aqueles que lutam pela liberdade e pela igualdade”, reforçando que ele “está com essas pessoas e quer que elas lutem”. O ator diz ainda uma frase de duplo sentido. “Acreditem em mim. Eu luto muito”, brinca.

Este não é o primeiro artista a participar da campanha. Atores como Jason Alexander, Jamie King, Tamala Jones, Sarah Shahi e Kristen Johnston também participaram de ações do GLAAD.

Veja o vídeo:

Madonna vai apresentar prêmio LGBT 2

th

A cantora e o jornalista Anderson Cooper irão apresentar o prêmio da ONG americana Aliança de Gays e Lésbicas Contra a Difamação, que monitora a representação de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros em produtos audiovisuais.

O anúncio foi feito na manhã deste sábado (2/3).

Herndon Graddick, presidente da GLAAD (sigla da ONG em inglês), disse que Madonna e Cooper são amigos de longa data e que ambos utilizam suas carreiras para apoiar as lésbicas, os gays e os transexuais.

Jornalista da CNN, Cooper revelou publicamente que é gay em julho do ano passado.

“O fato é: sou gay, sempre fui e sempre serei e não poderia estar mais feliz, confortável comigo mesmo e orgulhoso”, disse ele, na ocasião.

A 24ª edição do prêmio GLAAD acontece em 16 /3, em Nova York.

Mais de 150 obras foram indicadas, em categorias que vão de filmes e peças a jornalismo e música.