Sheik vai usar chuteira contra homofobia 1

Imagem

Após dar um selinho no amigo Isaac Azar e publicar a foto do beijo na internet, o atacante Emerson Sheik foi criticado por muitos torcedores do Corinthians.

Nesta semana, cinco integrantes da torcida organizada “Camisa 12” foram ao CT do clube e levaram cartazes homofóbicos com os seguintes dizeres: “Veado não”, “Aqui é lugar de homem” e “Vai beijar a PQP”.

Em resposta aos comentários, o jogador pediu o fim do ‘preconceito babaca’ no futebol e desculpas aos ofendidos.

Agora, para o jogo contra o Vasco, no próximo domingo, o corintiano vai ‘estrear’ uma chuteira nova, com as seguintes palavras nos calçados: “Fora preconcento” e “Gentileza”.

Nesta semana, a Polícia Cívil de São Paulo chamou o jogador e a “Camisa 12” para falarem sobre o caso. A polícia quer saber se Emerson se sentiu ameaçado pelos torcedores e se deseja representar formalmente uma queixa contra os corintianos.

Opinião

O selinho é válido, as declarações também, assim como a chuteira que Sheik usará, mas ele precisa representar uma queixa formal na polícia contra os torcedores homofóbicos. Preconceito a gente combate com educação e punição.

Jogador gay beija marido após título em torneio de boliche nos EUA e torcedores deixam de aplaudi-lo 3

Scott Norton

Scott, emocionado com a vitória, abraçado ao marido

O que era para ser uma cena de amor amor tornou-se uma cena de homofobia. Foi na final do Campeonato Americano de Boliche professional, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Após o torneiro, o jogador Scott Norton abraçou e beijou o marido Craig Woodward, sem conter as lágrimas.

Quando descobriu que ele é gay, grande parte dos torcedores deixou de aplaudi-lo, mas o jogador Scott Norton é campeão, também, em cidadania e disse o seguinte:

– É extremamente importante que eu sirva de exemplo para outros atletas gays, tanto no passado quanto no futuro, e mostrar que somos como todo mundo. É importante que as pessoas vejam que ser gay não muda as nossas habilidades como homens, e de forma alguma isso traz desvantagem na hora de competir em esportes de alto nível – contou Norton ao jornal “Windy City Times”.

Norton e Woodward se casaram em outubro de 2011 – em alguns estados americanos, como Massachusetts e Nova York, a união entre casais do mesmo sexo é permitida.

Alguns internautas têm realizado uma campanha em uma rede social para levar o casal ao programa de Ellen DeGeneres, famosa apresentadora de televisão nos Estados Unidos e lésbica assumida.

facebook_boliche_62

A página do Facebook chama-se Let’s Get Scott Norton On The Ellen Degeneres Show e tem como imagem de capa uma montagem do abraço de Norton e Woodward e uma foto do campeão beijando o troféu, foi curtida por mais de 500 usuários até o fim da publicação deste post. Quanto mais apelos aos produtores do programa, mais chances o casal terá de contar a sua história na telinha.

Vaja abaixo o vídeo do beijo e a reação negativa de parte da plateia: