Turnê de Lady Gaga termina com pouco mais da metade dos ingressos vendidos Resposta

Lady Gaga durante a performance da canção “Born this Way” no Rio de Janeiro

Não adiantou promoção “leve dois e pague um” nem “10 vezes sem juros”. Os ingressos disponíveis para os três shows de Lady Gaga no Brasil tiveram um encalhe de 43%, de acordo com números disponibilizados pela Time for Fun, empresa que trouxe a artista para o país.

A maior lotação foi do show de São Paulo: 50 mil pessoas de 64.995 ingressos postos à venda. Lotação de 77%. Já o maior encalhe foi no Rio. De 90.330 tíquetes disponíveis, apenas 40 mil foram vendidos, ou seja, 44%. Já em Porto Alegre, Gaga vendeu 16 mil das 30 mil entradas oferecidas ao público.

Comparando-se com outras divas pop de sua faixa etária como Katy Perry e Rihanna, que já passaram por São Paulo, os números podem ser considerados um êxito, já que a primeira trouxe cerca de 25 mil pessoas a seu show na Chácara do Jóquei, enquanto a segunda atraiu cerca de 15 mil ao Anhembi. Já Britney Spears, que tem 13 anos de carreira como artista solo, não passou da casa dos 30 mil na mesma arena. No total, no entanto, Katy Perry e Rihanna levaram a melhor devido a suas apresentações no Rock in Rio, que atrai públicos de outros artistas. Na capital fluminense, cantaram para cerca de 100 mil pessoas cada uma.

Na comparação com grandes astros do pop, com décadas de experiência, Gaga fica no meio do caminho. A comparação mais óbvia é Madonna. Sua “Sticky & Sweet Tour”, que passou pelo Brasil em 2008, atraiu mais de 65 mil pessoas a cada um de seus três shows em São Paulo e cerca de 54 mil a cada um dos dois shows no Rio.

Já a banda U2 levou ao Morumbi, em 2011, 270 mil pessoas para três apresentações de sua turnê “360º”, todas esgotadas. O Coldplay, em 2010, teve 60 mil. E no mesmo ano, até Beyoncé, que já fez dueto com Gaga, lotou mais o estádio do Morumbi. Seu público foi de 60 mil em SP, 25 mil em Florianópolis e 50 mil em Salvador (embora na capital baiana tenha havido um encalhe de 20 mil ingressos na época). No Rio, Beyoncé cantou para 15 mil pessoas, mas sua apresentação foi na casa de shows HSBC, cuja capacidade é a mesma.

Mas, passado o furacão ‘mother-monster’ (que deixou nosso país com maiôs da Blue Man nas malas, uma tatuagem com o nome ‘Rio’ na nuca e promessas de um breve retorno), qual será o futuro profissional de Lady Gaga?

Seu próximo álbum deve nascer no início de 2013 e, provavelmente, vem por aí um livro de fotos da ‘Born This Way Ball Tour’, assinado pelo fotógrafo e fiel escudeiro Terry Richardson, que vem acompanhando a diva em seu giro pelo mundo desde o início da turnê (ele assinou também um livro com registros da ‘Monster Ball Tour’).

O Brasil, claro, deve entrar neste mosaico de lembranças e, ontem, Lady Gaga divulgou, no Youtube, um teaser do projeto. “The Haus of Gaga e Terry Richardson têm uma surpresa para vocês”, postou a popstar, referindo-se ao link do vídeo batizado “Lady Gaga XX Terry Richardson”.

Não se sabe onde foram captadas as imagens do teaser, mas uma equipe de filmagens seguiu os passos de Gaga por todos os dias em que esteve no nosso país. Confira: